quinta-feira, 6 de agosto de 2009

ZAQUEU... QUEM ERA ESTE HOMEM?

Nesta postagem quero explanar um assunto relativamente polêmico...

Bem... sempre ouvi falar que Zaqueu era ladrão, corrupto e sem-vergonha antes de subir naquela árvore...
A minha pergunta é: Como concluímos isso? Onde está escrito? Somente pelo fato dele ser publicano e rico o tornava um corrupto? Será que verdadeiramente esse homem era um “pilantra”? Desde quando a "voz do povo" é a "voz de Deus"?
Quero expor um ponto de vista diferente para que você possa fazer sua própria reflexão.

Será que Jesus não fez questão de ter um encontro com este homem para demonstrar a todos que não poderiam julgar alguém pela sua aparência: "...e, vendo todos isto, murmuravam, dizendo que entrara para ser hóspede de um homem pecador..." (Lc 19:7)

Até agora, somente o "povo" dizia que ele era pecador... será que se Zaqueu estivesse apenas "curioso", querendo saber o que se passava naquela ocasião a ponto de subir naquela árvore ele desceria com tanta pressa e alegria? "...apressando-se, desceu e recebeu-o gostoso..." (Lc 19:6) Não temos a impressão de que este convite de Jesus foi aquilo que este homem mais esperava a ponto de não conter-se em alegria?

Muitos dizem que Zaqueu tomou a decisão de dar metade dos bens e restituir aos defraudados após Jesus entrar em sua casa, mas o que vemos é Jesus o elogiando após ele dizer que faria estas ações já descritas... Uma importante questão a ser levantada é: A salvação é pela graça ou pelas obras? Digo isto porque se admitimos que ele recebeu o elogio de Jesus e foi salvo por dar metade dos bens e restituir quadruplicadamente a alguém isto não indica que ele estaria "comprando" a salvação?

Imaginemos o contrário... Zaqueu era um homem que verdadeiramente amava a Deus... era rico não porque era ladrão, mas porque era um homem generoso... em momento algum ele disse "eu irei dar aos pobres metade dos bens" mas ele afirma "eu dou aos pobres metade dos meus bens..." ação contínua... ele já dava! Mas não para por aí... ele ainda coloca em xeque o povo e desafia: "E SE" nalguma coisa tenho defraudado o restituo quadruplicadamente... repito: “E SE”.
Tudo isso não nos faz pensar que aquele homem já era um Filho de Abraão como Jesus mesmo afirmou e "somente" lhe faltava conhecer o Salvador e por isso Jesus foi lá? Por favor, me entendam o que quero dizer com o “somente”... lembram-se de Cornélio... "quase salvo"... orava, dava esmolas, mas faltava-lhe Cristo... e por isso Pedro foi lá!

Será que quando todos que o "apedrejavam" ouviram Jesus dizer isso não engoliram a seco ao ver que aquele homem que eles julgavam ser um corrupto era muito mais "justo" do que todos os seus inquisidores?

Lanço esta interpretação da vida de Zaqueu... um homem julgado até hoje como um corrupto, mas na realidade um homem temente a Deus e piedoso, mas que mesmo assim precisava de Jesus... e graças a Deus que ele se encontrou com o Salvador!

Um abraço...

9 comentários:

wagner disse...

Até que enfim encontrei alguem que pensa como eu, tenho ficado muito triste de ver como taxam Zaqueu como ladrao seria o mesmo que dizer que todo politico é corrupto. E tao obvio ver que Zaqueu é um homem honesto por isso éra o chefe ninguem coloca alguem como chefe se ele vai me roubar tambem. E fica tao claro a matematica como posso devolver quatro vezes mais se o que eu tenho é roubado e isso depois de ter ficado com com metade de seus bens. Meu irmao que Deus o abençoe.

preenchido disse...

Deus conta com ensinadores assim como você para propagar sua palavra, esmiusando as escrituras como os judeus de bereia, que Deus continue abençoando o seu ministério...

Anônimo disse...

Bem,irmão, mais de um ano após sua postagem, escrevi um artigo (sem ter lido o seu, é lógico) e extraio da bíblia exatamente A INTERPRETAÇÃO como você fez.

Interessante, que até a comparação com CORNELIO eu fiz... Em particular, também fiz a comparação com o jovem rico.

Até Jesus não era aceito nas SINAGOGAS da época...

lgonzagagil@ibest.com.br
LUIZ GONZAGA

Anônimo disse...

Bem,irmão, mais de um ano após sua postagem, escrevi um artigo (sem ter lido o seu, é lógico) e extraio da bíblia exatamente A INTERPRETAÇÃO como você fez.

Interessante, que até a comparação com CORNELIO eu fiz... Em particular, também fiz a comparação com o jovem rico.

Até Jesus não era aceito nas SINAGOGAS da época...

lgonzagagil@ibest.com.br
LUIZ GONZAGA

Joel Barbosa disse...

Amém que "nós" não estamos sozinhos naquilo que pensamos...
Um abraço a todos

Jeferson Rodrigo disse...

Paz do Senhor Jesus. Meus irmãos muito bom a postagem e os comentários, mas eu também quero deixar o meu aqui e dizer que: Muitos falam o que querem e sem contexto, quando uma pessoa chega a dizer que esse homem era ladrão não está indo com base bíblica alguma, mas as pessoas por falta de conhecimento acabam aceitando todo o tipo de palavra (eu antes no caso era assim, mas depois olhei atentamente o texto e percebi), e já que a bíblia toda enfoca várias passagens de arrependimento, podemos notar uma coisa nessa história: Zaqueu não era ladrão (isso podemos afirmar com clareza!), fazendo uma comparação de Zaqueu com Levi, percebemos, que ambos eram cobradores de imposto, homens trabalhadores e tementes a Deus. Portanto, Zaqueu é interpretado muito mal por muitos, quanto a Levi esquecem que o mesmo exercera tal função.

Fiquem na paz e continuem assim.

Jeferson Rodrigo

Vgbrasil disse...

Ótima reflexão parabéns

Jeffersoon Santos disse...

Amado eu sempre discutir a respeito de zaquel e sempre achei que ele era um homem generoso. ele já dava aos pobres.
Obrigado irmão pela explicação.

Ulisses disse...

Jesus mostrou exatamente que as obras não salvam: HOJE chegou salvação a você. Vc faz boas obras, mas a salvação chegou HOJE.